Saiba mais sobre a Pneumonia

Otite Bebês
Otite em Bebês
7 de novembro de 2018
Diabetes
Como diferenciar os Tipos de Diabetes
14 de novembro de 2018
Exibir tudo

Saiba mais sobre a Pneumonia

Pneumonia

O que é Pneumonia?

Pneumonia é uma infecção que se instala nos pulmões. Pode acometer a região dos alvéolos pulmonares onde desembocam as ramificações terminais dos brônquios e, às vezes, os interstícios (espaço entre um alvéolo e outro).

Basicamente, são provocadas pela penetração de um agente infeccioso ou irritante (bactérias, vírus, fungos e por reações alérgicas) no espaço alveolar, onde ocorre a troca gasosa. Esse local deve estar sempre muito limpo, livre de substâncias que possam impedir o contato do ar com o sangue.

Pneumonia

Diferentes do vírus da gripe, que é uma doença altamente infectante, os agentes infecciosos da pneumonia não costumam ser transmitidos facilmente.

É contagioso?

De modo geral a pneumonia não é contagiosa e nem transmissível. Mesmo se alguém tossir na nossa frente, só é possível pegar caso os mecanismos de defesa do corpo falhe, como em casos de câncer, desnutrição ou doença pulmonar prévia.

Tipos de Pneumonia

Entre eles estão:

  • Pneumonia viral – causada por um vírus.
  • Pneumonia bacteriana – causada por bactérias.
  • Pneumonia química – causada pela inalação de substâncias agressivas ao pulmão, como a fumaça, agrotóxicos ou outros produtos químicos.
  • Pneumonia por fungos – causada por fungos. É o tipo mais raro e também o mais agressivo. É comum ver esse tipo em pessoas com doenças crônicas e imunodeprimidas, como pacientes soropositivos ou paciente oncológicos.

Causas

A doença pode ser causada por fatores que envolvam mudanças bruscas de temperatura, por isso sua incidência é bem maior na época de inverno, assim como outras causas, que são:

  • Inalação de produtos tóxicos
  • Fumo
  • Álcool
  • Ar condicionado
  • Resfriados que não foram curados plenamente

Pneumonia

Em geral, a causa se dá quando o organismo está enfraquecido, dessa maneira, as bactérias, fungos e vírus se apoderam do corpo, causando a doença que muitas vezes pode ser letal se não cuidada corretamente.

Sintomas

Entre os principais sintomas estão:

  • Febre alta (Acima de 37,5° C)
  • Tosse seca ou com catarro de cor amarelada ou esverdeada
  • Falta de ar e dificuldade de respirar
  • Dor no peito ou tórax
  • Mal-estar generalizado
  • Fraqueza
  • Suores intensos, principalmente a noite
  • Náuseas e vômito

Pneumonia

Esses sintomas, apesar de clássicos em adultos, podem mudar em crianças e idosos.

Sintomas de pneumonia em crianças

Crianças com pneumonia bacteriana podem apresentar sintomas, como:

  • Respiração acelerada
  • Respiração ruidosa
  • Perda de apetite e recusa alimentar
  • Dor abdominal

Muitas vezes, no entanto, a criança pode apresentar os sintomas isoladamente, como apenas febre e tosse ou apenas dificuldade e aceleração da respiração.

Já a pneumonia viral normalmente surge após uma gripe comum, com sintomas como:

  • Dor de garganta
  • Coriza
  • Dor de ouvido
  • Espirros
  • Dores no corpo
  • Dor de cabeça

Pneumonia

Sintomas em idosos

Idosos saudáveis costumam apresentar os sintomas clássicos da pneumonia em adultos. No entanto, a associação com outros problemas de saúde pode fazer com que os sintomas variem um pouco.

Em idosos, é comum o desenvolvimento de sintomas comportamentais como:

  • Confusão mental
  • Perda de memória
  • Desorientação em relação a tempo e espaço
  • A tosse costuma ser mais seca.

Buscando ajuda médica

Caso a febre persista por mais 48 a 72 horas e o paciente tenha desconforto respiratório com tosse é essencial procurar um médico. Ficar atento aos diferentes sintomas é essencial também.

Pneumonia

O médico começará perguntando sobre seu histórico médico e fazendo um exame físico, como ouvir seus pulmões com um estetoscópio para verificar se há sons que sugerem a doença.

Tratamento de Pneumonia

O tratamento da pneumonia requer o uso de antibióticos, e a melhora costuma ocorrer em três ou quatro dias.

A internação hospitalar pode ser necessária quando a pessoa é idosa, tem febre alta ou apresenta alterações clínicas decorrentes da própria pneumonia, tais como: comprometimento da função dos rins e da pressão arterial, ou dificuldade respiratória. As crianças podem ser hospitalizadas também se forem menores de 2 meses, com dificuldade para respirar ou parecerem desidratados.

Pneumonia tem cura?

A pneumonia possui cura e quando o tratamento é feito da forma correta algumas complicações podem ser evitadas. No entanto, o tempo de recuperação varia conforme o estado de saúde da pessoa antes de ser diagnosticada. Uma pessoa jovem e saudável geralmente responde melhor ao tratamento, voltando às atividades normais em uma semana.

Pessoas na meia idade ou mais velhas e que tenham doenças concomitantes podem levar muitas semanas para se recuperarem.

Prevenção

Lave as mãos com frequência, principalmente após assoar o nariz, ir ao banheiro e trocar fraldas. Também lave suas mãos antes de comer ou preparar alimentos.

Não fume – o fumo prejudica a capacidade dos pulmões de evitar a infecção.

As vacinas podem ajudar a prevenir a pneumonia em crianças, idosos ou pessoas com diabetes, asma, enfisema, HIV, câncer ou outras condições. Mas lembre-se sempre de falar com seu médico antes.

FONTE: minhavida.com.br

Pneumonia