O que é Outubro Rosa?

Organize-se: veja como criar seu próprio calendário e ter uma rotina mais saudável
17 de setembro de 2019
É hora de tomar pílula? Guia prático para você tomar essa decisão numa boa
11 de outubro de 2019
Exibir tudo

O que é Outubro Rosa?

É uma ação internacional criada desde os anos 1990 para incentivar a prevenção e o diagnóstico do câncer de mama.

Por que ele é importante?

Esse é o tipo de câncer mais comum no Brasil e no mundo. Um dos objetivos do Outubro Rosa é incentivar a prática do autoexame pelas mulheres, que é a maneira mais eficaz de reconhecer e começar o tratamento do câncer. Quanto mais rápido você descobre, maiores são as chances de cura. Por isso, preparamos abaixo algumas dicas fundamentais para a prevenção e o diagnóstico da doença. Confira:

Dica 1: Como faço o autoexame?

A melhor forma é observar o seu corpo e tocar os seios em busca de algum caroço (nódulo). 90% dos casos são diagnosticados assim e na maioria das vezes esses nódulos não doem. Basta colocar a mão esquerda atrás da cabeça e apalpar o seio do mesmo lado com a outra mão. Em seguida, repita os movimentos invertendo a posição dos braços para procurar nódulos na mama direita com a mão esquerda.  

Dica 2: Atenção para outros sinais: a pele da mama mais avermelhada que o normal, retraída ou com aspecto de casca de laranja também podem ser sinais de alerta. Preste atenção também em alterações e secreção de líquidos nos mamilos ou caroços no pescoço e axilas. 

Dica 3: Quando devo fazer o autoexame?

O ideal é fazer entre o 7º e o 10º dia depois do início da menstruação.

Dica 4: Só o autoexame basta?

Não. O autoexame é fundamental para encontrar os sinais de alteração no seu corpo, mas não substitui mamografia, ultrassom, ressonância magnética e biópsia. Estes procedimentos são capazes de indicar com precisão o tipo e lugar exato onde o câncer está localizado. Por isso, recomenda-se que qualquer mulher acima dos 40 anos faça a mamografia todo ano. 

Dica 5: Há outras maneiras de prevenir o câncer de mama?

Sim! Alimentação equilibrada e saudável, prática de atividades físicas e não fumar são atitudes que ajudam a prevenir qualquer câncer, inclusive o de mama.