Férias de julho: como tornar esse período saudável para você e sua criança

O frio pede hidratação. Veja alguns cuidados com a pele para o inverno.
27 de junho de 2019
Dia da saúde ocular: o que fazer para cuidar bem dos seus olhos
8 de julho de 2019
Exibir tudo

Férias de julho: como tornar esse período saudável para você e sua criança

A chegada das férias no meio do ano pode ser um momento de apreensão ou até mesmo de pânico. Muitos pais ficam com a ansiedade em nível máximo tentando imaginar como será trabalhar, realizar as tarefas de casa e ainda conseguir lidar com os filhos fora da escola. Mas com um bom planejamento é possível curtir ao máximo esse período e ainda trazer benefícios para seu corpo e sua mente e, principalmente, para as crianças.A primeira coisa que se precisa ter em mente é se você vai conseguir folgar junto com as crianças e, a partir daí, estabelecer um plano para que em vez de correria e desespero, esse período do ano seja apenas de alegria.  

Você folga junto com seu filho

Para quem consegue a proeza de tirar uns dias livres do trabalho para ficar com as crianças a primeira opção é programar suas férias junto com eles. Quem pode viajar, melhor ainda. Você pode inclusive seguir as dicas de viagem que demos aqui no blog. Mas isso nem sempre é possível, o que não significa que você não pode desfrutar das férias de julho. Veja algumas sugestões divertidas e saudáveis para você e as crianças:

Atividades culturais: O cinema nem sempre é uma opção muito em conta. Por isso, pesquise na sua cidade atividades em bibliotecas e parques que podem ser divertidas e muitas vezes gratuitas. Peças de teatro para crianças, oficinas de artesanato e até mesmo museus de ciências. Aliás, esqueça aquela ideia de que museus são lugares com coisas antigas e monótonas. Em São Paulo, por exemplo, o Planeta Inseto é uma espécie de museu interativo que apresenta para as crianças o universo desses bichos pouco conhecidos, mas muito necessários para a natureza. Tem até corrida de barata! E o melhor: é de graça.

Piquenique: Ir a uma praça ou parque público é ótimo para tirar as crianças da rotina dos ambientes fechados. O clima mais ameno de julho também ajuda. Aproveite e leve comidinhas para fazer um piquenique. Frutas e sucos são boas opções para incentivar as crianças a uma alimentação saudável e lembre-se: não esqueça o filtro solar. Embora possa estar mais frio, o sol continua a queimar em julho. Além disso, no inverno a pele tem ainda mais tendência ao ressecamento. Outra opção é convidar as crianças para preparar as refeições da casa: fazer um pão ou uma torta e apresentar os alimentos para eles pode ser uma boa ideia para unir o útil ao divertido.

Sessão da tarde: Que tal assistir um filme ou um desenho animado em família com direito a pipoca? Convide avós, primos ou os vizinhos para aproveitar uma sessão de cinema em casa. Certeza que as crianças vão amar.

Você trabalha enquanto seu filho está de férias

Se a realidade impede que você fique longe do trabalho, é necessário adaptar uma programação para seus filhos. Para qualquer que seja a atividade em mente é legal conversar antes com com as crianças para entender que tipo de programas (e com quem!) eles gostariam de fazer. Fica mais fácil para colocar nossas sugestões em prática:

Babás temporárias, acampamentos e cursos de férias são boas opções. As crianças podem sair da rotina da escola e brincar em segurança. O problema é que essas soluções nem sempre cabem no bolso.

Casa da avó: A mais tradicional opção costuma ser bastante divertida para as crianças. Só converse antes com as vovós e vovôs para que eles não fiquem sobrecarregados (sim, crianças pequenas demandam energia e atenção!). Você também pode fazer um rodízio entre avós maternos e paternos, tios e amigos. O importante é tirar a criança da rotina e deixar sua cabeça tranquila enquanto trabalha.

Viagem com parentes e amigos: você não pode viajar enquanto trabalha, mas de repente alguém da sua filha vai passar uma semana fora e pode ser uma boa companhia para sua criança. Só não esqueça de preparar a mala e mandar as medicações que seu filho toma em casos de necessidade e, claro, o filtro solar.

Mantenha contato com outros pais da escola: embora você encontre essas pessoas diariamente, muitas vezes não há um contato direto com os pais dos amigos de escola dos seus filhos. Mas lembre-se: eles vão passar pela mesma situação que você e podem ser um apoio importante nessa hora. Seu filho (a) pode passar um dia na casa do amiguinho (a) ou mesmo fazer passeios com os pais de amigos que conseguiram folgar nesta época do ano. Principalmente durante as férias de julho, vale à pena participar ou mesmo criar um grupo de mensagens com os pais da escola.