Veja quais são as Doenças do Coração que mais Matam

Doenças do Coração que mais Matam

Dicas para escolher a melhor Mamadeira
Dicas para escolher a melhor Mamadeira
12 de setembro de 2017
Tipo Desodorante
Os Tipos de Desodorantes
20 de setembro de 2017
Exibir tudo

Doenças do Coração que mais Matam

Doenças do Coração que mais Matam

Segundo a Organização Mundial da Saúde – OMS, as doenças cardiovasculares (que acometem o coração) são as principais causas de morte no mundo. Só no Brasil, 300 mil pessoas morrem anualmente, ou seja, um óbito a cada dois minutos é causado por esse tipo de enfermidade.

Embora fatores como predisposição genética contribuam para a ocorrência de tais doenças, esses números assustadores podem ser explicados principalmente pelos maus hábitos de vida do brasileiro; como alimentação não balanceada, rica em gordura saturada, sedentarismo, sobrepeso, hipertensão, diabetes e tabagismo. É comprovado que esses hábitos aumentam consideravelmente o risco de um problema cardíaco (do coração) no futuro.

Conheça agora as 4 doenças do coração que mais levam a óbito no Brasil:

1. Infarto agudo do miocárdio do coração

O infarto agudo do miocárdio é provocado pela falta de sangue e oxigênio no músculo cardíaco, devido à obstrução da artéria coronária, levando ao quadro de dor no peito, sudorese, falta de ar e mal estar. Ao sinal dos primeiros sintomas, a busca por ajuda é crucial, pois a cada minuto que passa o risco de óbito aumenta em 10%.

2. Doença vascular periférica

Decorre do depósito de gordura com obstrução das artérias periféricas do corpo. Nos membros inferiores, por exemplo, ocorre redução do fluxo de sangue para as pernas, com queixas de dor e de dificuldade para caminhar associadas à queda da temperatura local com dormência.

3. Acidente vascular cerebral

As placas de gordura depositadas nos vasos sanguíneos cerebrais podem obstruir um vaso cerebral intracraniano, levando ao quadro de dor de cabeça, tontura e paralisia de um braço, perna e face. Dependendo da extensão da lesão, pode comprometer a fala e os processos neurológicos. O socorro imediato pode diminuir as sequelas e a chance de óbito.

4. Morte súbita

Compreende o quadro de óbito de forma súbita, ou seja, quando não há chance de socorro, sendo causado, principalmente, pelo infarto agudo do miocárdio.

Fonte: Sociedade Brasileira de Cardiologia

Doenças do Coração que mais Matam