Dezembro é tempo de diversão, mas também de cuidados extras com a pele - Poupafarma

Dezembro é tempo de diversão, mas também de cuidados extras com a pele

Novembro Azul faz alerta sobre o câncer de próstata
7 de novembro de 2019
Saiba mais sobre o dia do cego
13 de dezembro de 2019
Exibir tudo

Dezembro é tempo de diversão, mas também de cuidados extras com a pele

O último mês do ano é sinônimo de férias, praia, piscina e, principalmente, muito sol. Por isso, foi esse o período escolhido para a campanha de conscientização sobre o câncer de pele, o Dezembro Laranja

O câncer de pele é um tumor maligno causado pela multiplicação desordenada de células na região da pele e pode atingir qualquer pessoa que fique exposta muito tempo ao sol sem os cuidados necessários.

Recentemente o treinador de futebol Vanderlei Luxemburgo causou preocupação ao ser diagnosticado com a doença. Celebridades como Ana Maria Braga e Claudia Raia enfrentaram o melanoma, o mais grave câncer de pele e o tipo mais comum de tumor maligno no Brasil, correspondendo a 30% do total. 

A boa notícia é que em 90% dos casos em que o problema é identificado logo no início, a cura é bem sucedida. Mas é importante prestar atenção em algumas dicas para proteger sua pele, especialmente na época do ano em que buscar um lugar ao sol é inevitável. Afinal, o sol também é sinônimo de diversão e alegria.  

  • Método ABCDE – Como identificar um tumor 

Um dos métodos usados para conseguir diferenciar uma pinta normal de um possível câncer de pele é a observação dos sintomas. Para facilitar essa identificação foi criado um método chamado de ABCDE, uma lista de cinco itens que precisam ser observados com atenção:

Assimetria: quando a pinta parece ter dois lados ou estar dividida em formas diferentes.

Bordas: quando a pinta possui contornos pouco evidentes ou irregulares. 

Cor: tons diferentes em um mesmo lugar ou em um mesmo machucado também podem ser sinais de tumor.

Diâmetro: uma pinta que apareça com um tamanho acima da média (mais do que cinco ou seis milímetros de diâmetro).

Evolução: a pinta se transforma, muda de cor (fica mais escura) ou de tamanho. Além de doer e, às vezes, até sangrar. 

  • Aproveite a melhor hora para o banho de sol

Ninguém precisa ficar longe do sol para sempre, ainda mais no período de férias. Mas é importante priorizar os horários em que a radiação ultravioleta é mais baixa. Na faixa entre 9h e 15h, evite passar muito tempo ao sol, já que é quando os raios estão mais fortes e podem ser mais nocivos para a saúde da sua pele. 

  • Já dizia o Bial: use filtro solar

Outra recomendação que todos devem seguir, mas muitas vezes se esquecem ou negligenciam, é usar o protetor solar. Peles brancas, mais suscetíveis aos danos causados pelo sol, devem receber proteção extra. No mínimo, um filtro solar fator 30. Também é fundamental lembrar que não adianta passar o protetor apenas uma vez. A cada duas ou três horárias é necessário reaplicar, especialmente se você entrou em contato com a água.

  • Acessórios garantem proteção extra

Além do filtro solar, não deixe de contar com acessórios que garantem proteção extra: chapéus, bonés, viseiras e óculos escuros são aliados importantes na proteção desse tipo de câncer. Algumas roupas já vem com tecidos especiais para proteção solar (UVA) e são ótimas para crianças que passam mais tempo na água e expostas ao sol. 

  • Bronzeamento artificial, melhor não 

Embora o “bronzeado escritório” incomode muita gente, é recomendado evitar o bronzeamento artificial. Por último, não se esqueça de que visitar um dermatologista é indispensável para garantir a saúde da sua pele, ainda mais se você notou alguma alteração depois de utilizar a regra do ABCDE.